Uma boa governança na jornada da startup




Diferentes estudos apontam que, em média, apenas 25% das startups brasileiras sobrevivem depois dos 10 anos de existência, sendo que 1/4 chega a fechar no primeiro ano e metade, em menos de 5 anos.

As razões para a vida curta das startups são as mais diversas, desde a quantidade de sócios, o relacionamento entre eles, o produto, o mercado, até o cap table (tabela de capitalização contendo a lista de acionistas), todos fatores fundamentais que devem ser analisados e bem trabalhados para a sobrevivência do negócio.

As boas práticas de governança têm-se mostrado relevantes para determinar o sucesso das startups e não apenas das empresas maduras, embora possa parecer estranho pensar numa estrutura de governança corporativa para uma empresa em estágio inicial sem a validação do seu produto e a aceitação prévia pelo mercado.

Associar governança somente a empresas grandes e consolidadas em seus mercados de atuação pode ser questionável neste momento.


Numa transformação constante, a inovação e a agilidade de uma empresa para escalar os seus negócios de forma totalmente disruptiva trazem um novo olhar para a governança dela, qualquer que seja o seu porte em termos de receita ou de valor de mercado.

Ainda que a agilidade seja a marca registrada do sucesso de uma startup, os pilares fundamentais para um crescimento acelerado são definidos no início e ao longo de toda a sua jornada. E uma das bases para o sucesso é uma boa governança corporativa.

Pensando nisso, a EY desenvolveu um material para ajudar as startups neste processo de estabelecer uma boa governança no início do negócio, evoluindo para scale-ups, até atingir o estágio de high-growth.

Adotar um modelo estruturado pode ajudar as startups na evolução dos seus negócios e, quem sabe, possam chegar a ser o tão sonhado unicórnio (startup avaliada em mais de US$ 1 bilhão)


Segue material elaborado pelo EY:

ey-velocity-v2
.pdf
Download PDF • 827KB

Segue o material “Governança Corporativa para Startups & Scale-ups” do IBGC:

IBGC Segmentos - Governança Corporativa para Startups & Scale-ups
.pdf
Download PDF • 9.56MB

Resumo

A governança não está relacionada apenas a grandes empresas. Em um contexto de intensas transformações, inovação e agilidade, ela vai definir, e muito, a escalada de startups para scale-ups, até o estágio de high-growth e, quem sabe, a chegada à posição de unicórnio. Para apoiar, a EY e IBGC desenvolveram um material com foco no estabelecimento de uma boa governança já no início do negócio.


Conte com a DBC Consultoria Empresarial para te auxiliar na governança da sua empresa!


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo